PHP

Em por

No tutorial de hoje, vamos aprender de forma prática e objetiva em como criar um arquivo texto (.txt) com PHP.

Criando arquivo texto com PHP

Apesar de não ser uma prática tão usada hoje em dia, é interessante termos o conhecimento de tal recurso, pois uma vez ou outra precisamos deste método para a execução de algum processamento, seja para gravar logs de erros da aplicação, ou até mesmo dados para gerar notas fiscais, dentre muitas outras aplicações.

Funções Nativas para manipulação de arquivos com PHP

Para a criação do arquivo .TXT, são necessárias algumas funções nativas. Elas são responsáveis por abrir um arquivo, fechar, verificar se o arquivo chegou ao seu final, escrever no arquivo, apagar o arquivo, pegar o conteúdo como uma string ou uma linha.

As funções que utilizaremos em todo tutorial são:

  • fopen() - 'Abre' o arquivo para que possa ser manipulado.
  • fgets() - Pega uma linha do arquivo até o máximo de 1024bytes.
  • feof() - Durante a leitura de um arquivo, avisa se chegou ao final.
  • file_get_contents() - Pega todo conteúdo do arquivo aberto como uma string.
  • ftruncate() - Reduz o tamanho do arquivo. Usado para apagar seu conteúdo.
  • fwrite() - Escreve no arquivo.
  • unlink() - Apaga o arquivo indicado.

Modo de Escrita no Arquivo

No momento em que formos abrir um arquivo para gravação de dados, devemos definir o modo de escrita, ou seja, se ele vai apenas escrever no arquivo, apenas ler, apagar e etc.

Os modos de escrita são:

‘w’

Abre o arquivo para apenas escrita, coloca o ponteiro do arquivo no começo do arquivo e diminui (trunca) o tamanho do arquivo para zero. Se o arquivo não existe, tenta criá-lo.

‘w+’

Abre o arquivo para leitura e escrita, coloca o ponteiro do arquivo no começo e diminui (trunca) o tamanho do arquivo para zero. Se o arquivo não existe, tenta criá-lo.

‘r’

Abre o arquivo somente para leitura, coloca o ponteiro de escrita no começo do arquivo. (Retorna um erro caso o arquivo não exista e não tenta cria-lo.).

‘r+’

Abre para leitura e escrita, coloca o ponteiro de escrita no começo do arquivo. (Retorna um erro caso o arquivo não exista e não tenta cria-lo.)

‘a’

Abre para somente para escrita somente, coloca o ponteiro do arquivo no final. Se o arquivo não existir, tenta criá-lo.

‘a+’

Abre o arquivo para leitura e escrita, coloca o ponteiro do arquivo no final. Se o arquivo não existir, tenta criá-lo.

‘x’

Cria e abre o arquivo para escrita somente, coloca o ponteiro no início do arquivo. Se o arquivo já existe, a chamada a fopen() irá falhar, retornando FALSE, gerando um erro nível E_WARNING. Se o arquivo não existe, tenta criá-lo. Esta opção é suportada no PHP 4.3.2 e posteriores, e somente funciona em arquivos locais.

‘x+’

Cria e abre um arquivo para escrita e leitura, coloca o ponteiro do arquivo no início. Se o arquivo já existe, a chamada a fopen() irá falhar, retornando FALSE, gerando um erro nível E_WARNING. Se o arquivo não existe, tenta criá-lo. Esta opção é suportada no PHP 4.3.2 e posteriores, e somente funciona em arquivos locais.

Gerando um arquivo .TXT

Vamos a um exemplo prático de como criar um arquivo com PHP

 <?php $arquivo = fopen('meuarquivo.txt','w'); if ($arquivo == false) die('Não foi possível criar o arquivo.'); ?>

O código acima cria um novo arquivo (somente para escrita) no diretório corrente do arquivo PHP executado, ou seja, no mesmo diretório ou se preferir, na mesma pasta onde esse script é executado.

Tenha cuidado, pois o modo 'w' coloca o ponteiro de escrita no início do arquivo. Se o arquivo já existir, ele apagará todo o conteúdo.

Se a função funcionar ele retorna o ponteiro do arquivo. Mas se a função falhar por qualquer motivo, a função retorna false e damos um alerta ao usuário, informando que não foi possível criar o arquivo desejado na quele momento.

Escrevendo No Arquivo

Bom até o momento você apenas criou um arquivo, mas não escreveu nada nele, então vamos lá.

Para escrevermos em nosso arquivo criado, devemos utilizar a função nativa fwrite(), pois ela é a responsável por esse trabalho, vamos ao exemplo:

 <?php //criamos o arquivo $arquivo = fopen('meuarquivo.txt','w'); //verificamos se foi criado if ($arquivo == false) die('Não foi possível criar o arquivo.'); //escrevemos no arquivo $texto = “Olá Mundo !!!”; fwrite($arquivo, $ texto); //Fechamos o arquivo após escrever nele fclose($arquivo); ?>

Simples não?! Explicando...

Criamos o arquivo, validamos se ele foi realmente criado, criamos uma variável para adicionar nosso texto, lembrando que esse texto pode ser de um banco de dados e, nossa var pode ser uma array para implementações um pouco mais trabalhadas ou complexas, adicionamos o conteúdo de nossa var no arquivo, utilizando a função de escrita, e depois fechamos o arquivo para finalizar o processo.

Funções extras:

Neste tutorial foi abordado como se criar um arquivo .txt através do PHP, de forma simples, criar e abrir, escrever e fechar o arquivo, existem outras funcionalidades não abordas aqui, como ler o arquivo por exemplo, mas farei um especialmente para ler e trabalhar com os dados dos arquivos.

Criticas dúvidas ou sugestões comentem abaixo que termos o prazer em ajuda-los.laugh

Veja Também:

Artigos Relacionados a categoria: PHP

Olá, deixe seu comentário para Criando um arquivo Texto (.txt) com PHP

Enviando Comentário Fechar :/

...AINDA NÃO VIU NOSSO PORTFÓLIO?

Se ainda não viu nosso Portfólio e quer conhecer um pouco mais... aproveite e veja agora mesmo e tenha um site de qualidade para o seu negócio!

[contato]
Ver o Portfólio Agora